sexta-feira, 7 de novembro de 2008

A novela do IELTS

Quando enviamos o formulário inicial, vimos que a prova do IELTS ocorre aqui em Porto Alegre aproximadamente a cada dois meses. Como de qualquer jeito eu teria que tirar férias sem o marido, agendei para agosto, assim poderia me dedicar mais aos estudos e fazer a prova no fim do mês, no final das férias.

Mas a vida é uma caixinha de surpresas... e o mês de julho teve mais emoção do que o previsto. Eu, ingênua, deixei pra me inscrever na prova com apenas um mês de antecedência. Mas pra minha surpresa, essas vagas já estavam esgotadas há tempo. Então acabei me inscrevendo para a prova seguinte, no final de outubro. E na mesma época, ocorreram algumas mudanças no trabalho. Eu trabalhava para uma multinacional, através de uma prestadora de serviços. Essa multinacional decidiu que não teria mais nenhum terceirizado trabalhando lá. Então, em poucos dias, contrataram a maioria dos funcionários. E iniciando uma nova contratação no dia primeiro de agosto, as minhas desejadas três semanas de férias, marcadas com vários meses de antecedência para iniciarem em 4 de agosto, foram por água abaixo.

O tempo passou, os estudos ficaram muito abaixo do planejado. E o dia da prova chegou. Fiz a prova de speaking numa sexta-feira, dia 24 de outubro, e as outras provas no sábado, dia 25.

E hoje, enfim, o resultado apareceu no site:
Listening: 7
Reading: 8.5
Writing: 7
Speaking: 7
Overall Band: 7.5

Agora já estou mais tranquila, afinal, a missão foi cumprida com sucesso. Se tivesse que refazer a prova até que não seria tão ruim, o pior seria ter que pagar novamente a inscrição de R$ 415.

quarta-feira, 16 de julho de 2008

Lista de Discussão

Há uma lista de discussão de brasileiros que estão fazendo ou já fizeram o processo de imigração para o Canadá. É uma ótima oportunidade para trocar experiências e tirar algumas dúvidas que podem surgir pelo caminho, e principalmente na chegada ao novo país. Quem quiser participar, pode acessá-la aqui: http://groups.yahoo.com/group/canada_immigration_brasil/

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Chegou a primeira carta!

Hoje quando cheguei em casa, fui ver a caixinha do correio e lá estava ela: a famosa carta do consulado canadense. Agora temos certeza que nosso processo foi aberto. Já podemos acessar nosso status no famoso e-cas. E temos pela frente uma longa espera pelo pedido de documentos.

Fiquei muito feliz com isto, pois estava bastante preocupada, achando que poderia ter dado algo errado (esse sentimento foi agravado pelo fato de que meu marido esqueceu de fazer cópia do comprovante de pagamento). Agora estou tranquila, pois sei que nosso lugar na fila do processamento já está garantido :-)

quinta-feira, 1 de maio de 2008

E foi dada a largada!

No último final de semana preenchemos e imprimimos o formulário para a abertura do processo. Decidimos adiantar nosso cronograma devido à grande demora que está ocorrendo para se receber o visto. Ainda mantemos os planos de imigrar em março ou abril de 2010. Ontem meu marido pagou a taxa inicial e já mandou tudo pelo sedex. Agora o pacote já está nos correios de SP, amanhã deve chegar no consulado.

Neste sábado começaremos a preparação para o IELTS, que eu devo fazer em agosto.

Finalmente estamos saindo da fase de somente pesquisa para entrar na fase das esperas.

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Carro Vendido

Nesta semana cumprimos mais uma etapa da preparação para o nosso projeto de imigração. Vendemos nosso carro. Com isto, já levantamos algum dinheiro, e diminuímos nossas despesas. Assim, conseguiremos juntar um valor razoável para levarmos para o nosso período de adaptação.

sexta-feira, 28 de março de 2008

Datas do IELTS

Como vamos dar entrada esse ano, já vou colocar as datas de realização do IELTS aqui em Porto Alegre. Estamos pensando fazer em Agosto.


Datas:

  • 19/01/08
  • 29/03/08
  • 28/06/08
  • 21/08/08
  • 25/10/08
  • 13/12/08

sábado, 9 de fevereiro de 2008

Sim, eles existem!!!


Na lista de discussão sobre imigração para o Canadá e em alguns blogs, vejo pessoas bastante preocupadas em não encontrar abridor de latas e panela de pressão. Me parece meio óbvio que se vendem latas, também tem que se vender o abridor em algum lugar. Afinal, os canadenses são pessoas civilizadas, não vão abrir latas com machado ou coisa parecida. Mas mesmo assim, tem gente que leva isso na bagagem. Eu já acho pouco duas malas pra toda a minha vida, incluindo roupas, alguns livros e alguns ítens de cuidado pessoal. Tenho o bom senso de não desperdiçar este precioso espaço com panela.

Vi hoje uns links de lojas bastante frequentadas por imigrantes, devido ao baixo preço dos produtos. E resolvi então ver se tinha a venda essas "preciosidades". E que incrível! Sim, tem abridor de latas na Ikea. E sim, tem panela de pressão na Canadian Tire. Quem diria, hein?

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Destino

Decidir sair do Brasil foi a parte mais fácil de todo o planejamento da imigração. Afinal, o mercado de trabalho, a violência e os políticos já estão praticamente expulsando todos daqui. Escolher o Canadá também foi razoavelmente tranquilo. Na verdade, minha idéia inicial era de ir pra Europa. Mas meu marido se interessou pelo Canadá, e só precisou me mandar link de um blog. Depois de ler o blog desde o início, já estava convencida.

O mais difícil é escolher pra qual cidade vamos. Inicialmente, pensamos em Toronto. Mas depois vimos que a maioria dos imigrantes que chegam no Canadá ficam em Toronto ou Montreal. Toronto já está ficando inchada. Então começamos a ver algumas alternativas. Como não sabemos nada de francês e atualmente não podemos investir nisso, descartamos a província de Quebec.

Então as principais alternativas que encontramos foi ir ou para Ottawa, na província de Ontario, ou então para Calgary ou Edmonton na província de Alberta. Ao conversar com um casal de brasileiros que atualmente mora em Edmonton, chegamos à conclusão de que esta cidade seria a melhor opção em Alberta. Ficamos encantados com as fotos da cidade e com os relatos. Mas analisando as empresas que existem em Edmonton e em Ottawa, achamos que em Ottawa talvez seja mais fácil de encontrarmos vaga no nosso perfil. E como emprego é muito importante, estamos bastante tentados a irmos pra Ottawa. Além disto, Ottawa também tem a vantagem de ser próxima a outras grandes cidades, como Toronto, Montreal e Nova York.

Incrédulos...

Apesar de não divulgarmos publicamente nossos interesses de imigração, alguns amigos e parentes já sabem dos nossos planos. Normalmente os amigos nos apóiam, e alguns também pensam em emigrar.

Mas na família que as coisas são um pouco diferentes... Na minha família até que a idéia já está sendo aceita. Afinal, minhas irmãs resolveram emigrar pra Europa. A maior desconfiança foi porque já estamos há alguns meses dizendo que vamos pro Canadá, mas eles não viam nada de concreto. Mas depois que explicamos como era o processo do visto e como estávamos planejando tudo, eles caíram na real e viram que a gente não estava só falando da boca pra fora.

Já nos meus sogros a situação muda um pouco. Meu sogro vê as notícias dos imgrantes que foram atrás do sonho americano voltando pra casa e acha que nós estamos na mesma categoria. Ele insiste que estamos sonhando e que precisamos cair na real. Pra ele, precisamos é nos endividar com um eterno financiamento da nossa casa própria. Já tentamos mostrar pra ele como é a situação no Canadá, mas não adianta. Acho que ele só vai acreditar que estamos fazendo a coisa certa depois que estivermos estabilizados por lá.

Meu marido se irrita com o comportamento dos nossos pais. Eu já acho que é mais um incentivo. Precisamos continuar lutando, e vamos mostrar a eles que a gente sabe o que está fazendo.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Brasil, assim deixe-o

Eu assino uma lista voltada para software livre. De vez em quando surgem assuntos um pouco mais abrangentes.

O resumo está aqui:

Um dos motes da ditadura era Brasil, ame-o ou deixe-o. Na época do milagre econômico vivido por nosso país principalmente no começo da década de setenta, o povo brasileiro foi levado a acreditar que nos tornaríamos em pouco tempo uma potência capaz de brigar palmo a palmo com as grandes economias mundiais. Este pensamento era mantido principalmente com os vultosos investimentos nas companhias estatais da época, com a liberação de verbas públicas para empresas privadas, com a realização de obras dignas de faraós egípcios e com um marketing agressivo que, todos em conjunto, criavam um bolo gigantesco de dinheiro e claro, de dívidas.

Este é somente a ponta do iceberg do artigo. Vale a pena dar uma lida, ele não é um texto técnico. Você encontra o artigo completo aqui.

Artigos como esse servem de incentivo para aqueles que estão pensando em sair do Brasil. Se eu já estava com vontade, este artigo serve de reforço para esta convicção.

Anônimos

Por motivos profissionais, achamos melhor deixar tirar deste blog nossas informações pessoais. Agora somos apenas o casal \(^_^)/ - eu, a esposa - e (o_O) - ele, o marido. A idéia de smiles foi copiada de outro blog, mas pra cópia não ficar tão descarada resolvemos usar smiles japoneses.

Desapego e Economia

Uma das coisas que noto nos futuros imigrantes é a dificuldade de se desapagar de hábitos e coisas que têm aqui no Brasil. Alguns ficam bastante preocupados com preços de serviços de faxina ou salão de beleza. Outros querem levar a casa inteira junto.

Aqui em casa temos muitos livros, e só conseguiremos carregar alguns quando formos pro Canadá. Então resolvemos nos desfazer de alguns, mandamos um mail pra uma lista e já surgiram vários interessados. E o melhor de tudo, é que além de liberar espaço, vamos ter mais dinheiro.

Agora estamos tentando nos segurar pra não comprar mais coisas que a gente não vá levar. Estamos tentando diminuir os gastos mensais pra conseguir levar mais dinheiro. Estamos cortando idas a restaurantes e diminuindo as idas à locadora. Agora temos que aprender a cozinhar, de preferência utilizando ingredientes fáceis de serem encontrados por lá. Na verdade, a gente já deveria ter feito tudo isso há mais tempo, mas sempre ficamos na inércia.

O próximo passo agora é cortar a faxineira e nós mesmos nos habituarmos a fazer faxina. Acho que isso não vai ser tão difícil, pois ela só vem um turno a cada duas semanas, então de vez em quando já precisamos pegar no pesado. E não temos empregada nem ninguém que passe a roupa. Quanto a salão de beleza, vai ser fácil de nos acostumarmos, pois já fazemos bastante coisa em casa.

Apesar de muita gente sem noção, tem vários com atitudes que admiro. Tem gente que até já vendeu o carro. Isso eu vou deixar pra fazer só quando estiver com o visto na mão, pedindo demissão do trabalho.

domingo, 13 de janeiro de 2008

Metas 2008

Na verdade são duas grandes metas: a realização do IELTS e o início formal do processo federal simplificado.

Definimos como Outubro a data de início "formal" do processo. Isso em virtude de alguns fatores, que são estudo de Inglês, a realização da prova do IELTS e, muito importante, poupar dinheiro para atender os requisitos do processo federal simplificado.

Também definimos que a \(^_^)/ vai ser a aplicante principal. Por ela ter concluído o Mestrado e em Setembro deste ano completar 4 anos de experiência na área (na CTPS), ela terá mais pontos do que eu. Isso também facilita no IELTS. Tendo o Mestrado e o tempo de experiência máximo, ela não precisa tirar nenhum "high" no IELTS.

Para a data do IELTS, definimos o dia 28 de Junho, que é uma das datas disponíveis para a realização da prova aqui em Porto Alegre. Somente a \(^_^)/ fará a prova. Caso ocorra alguma coisa muito errada, faremos (neste caso, nós dois) a prova em Agosto.

Iniciamos aulas particulares de Inglês neste mês. Esperamos que até o final de Junho, estejamos "afiados" o suficiente.

O objetivo final é chegar no Canadá no início de 2010. Muito provavelmente em Edmonton, província de Alberta.